Cientistas desenvolvem teste de HIV em pendrive

No Reino Unido, pesquisadores desenvolveram um novo método para detecção do vírus HIV (sigla em inglês para Human Immunodeficiency Virus ou Vírus da Imunodeficiência Humana). O novo teste consiste em um dispositivo eletrônico semelhante a um pendrive, o mesmo pode fazer uma verificação muito rápida e precisa da existência ou não do vírus no corpo dos pacientes.

 

O referido dispositivo foi desenvolvido por uma empresa privada norte-americana chamada DNA Electronics e por pesquisadores do Imperial College London. O mesmo recebe uma gota de sangue a ser examinado, e, em seguida, gera sinais elétricos que possibilitam a leitura dos dados por computadores, laptops, tablets e outros dispositivos eletrônicos, desde que estes possuam um software especializado instalado.

 

Embora o projeto esteja em estágio inicial, os cientistas afirmam que essa inovação tecnológica poderá permitir que as pessoas analisem regularmente os níveis do vírus em seus corpos, semelhante ao que acontece com os portadores de diabetes, que podem medir a quantidade de açúcar no sangue com um teste simples e rápido.